Capitão Mistério: Os Quadrinhos de Terror da Editora Bloch

O começo dos anos 70 foi o período que a Marvel Comics investiu bastante em revistas de terror,oque resultou em titulos como; Motoqueiro Fantasma (Ghost Rider), A Tumba de Drácula (The tomb of Dracula), Lobisomem (Werewolf by Night), Frankenstein, A Múmia Viva (Supernatural Thrillers Featuring The Living Mummy), além do aparecimento de muitos personagens do gênero,tais como Simon Garth o Zumbi, O Exorcista, Irmão Vodu, Morbius o Vampiro Vivo, Homem-Coisa, Blade, Lilith a Filha de Drácula, e muitos outros.

No Brasil, nesta mesma época Adolfo Bloch adquiriu os direitos de publicação da Marvel Comics, sua Editora Bloch criou um selo para especificar as revistas de terror chamado Capitão Mistério. Eram revistas em formatinho e a maioria tinha 68 páginas. Era a época de muito lançamentos como; Aventuras Macabras, Sexta-Feira 13, A Tumba de Drácula, Lobisomem, A Múmia Viva, Frankenstein, Cine-Mistério, Clássicos do Pavor, Histórias Fantásticas,entre outros.

Nestas revistas foi utilizado também,bastante material das publicações da editora americana E.C. Comics, como Tower of Shadows, Monsters on The Prowl, Chamber of Chills, Crypt of Shadows, Vault of Evil e Chamber of Darkness, eram histórias curtas a maioria era de autores como Jack Kirby, Steve Ditko, Stan Lee, Alfredo Alcala, Gene Colan, John Buscema, Chris Claremont, Don Perlin, Howard Chawkin, Doug Moech, Frank Springer, Jim Steranko, Esteban Maroto, Gil Kane, Rich Buckler, Herb Trimpe entre outros.

A Bloch também colocou nestas publicações, algumas histórias feitas por artistas brasileiros como Júlio Shimamoto, que com o tempo, passaram a assumir titulos como Frankestein, A Múmia Viva, Lobisomem e Tumba de Drácula. E aos poucos as revistas com o selo Capitão Mistério tiveram todo seu material produzido por artistas nacionais.

Visitem o blog Baú da Marvel com diversas Revistas desta época:

http://bau-da-marvel.blogspot.com

About these ads

About this entry